Opinião | Sofia No Mundo das Coisas Perdidas | Sérgio Mendes

Este livro foi-me gentilmente cedido pela Porto Editora. Agradeço desde já o envio desta cópia para opinião.

Título: Sofia No Mundo das Coisas Perdidas
Autor: Sérgio Mendes
Editora: Porto Editora
Ano: 2019
Páginas: 40


Sofia vivia num palacete cor-de-rosa cheio de livros proibidos, rodeada por labirintos exóticos e árvores antiquíssimas. Certo dia, depois de ter perseguido uma borboleta-fantasma, entrou numa gruta escura que a levou até ao Mundo das Coisas Perdidas. No caminho pelo interior da Terra, conheceu dois simpáticos mapinguaris, Onofre e Orestes. Na companhia do Onofre, Sofia atravessou a cidade dos mapinguaris, conheceu salamandras-dos-vulcões, visitou lagos povoados por ondinas, desceu, no colo de um silfo, para o mundo onde vivem elementais e animais desconhecidos. Foi lá que encontrou a chave para abrir as portas dos armários fechados do palacete. No final, acontece uma coisa surpreendente, e só aqueles que gostam de ler sabem do que estamos a falar...


No ano em que se celebra o centenário de Sophia de Mello Breyner Andressen, Sérgio Mendes decidiu homenagear este grande nome da literatura portuguesa e escrever um livro inspirado nas histórias da autora. Quem não se lembra de clássicos infantis portugueses como O Cavaleiro da Dinamarca ou Fada Oriana, entre tantos outros que fizeram parte do imaginário de muitas crianças que os leram na escola, ou que os ouviram, contados pelos seus pais antes de dormir.
Neste livro, Sofia, é uma menina que vive num enorme palacete e que está quase sempre sozinha. A sua única companhia é um livro recheado de criaturas fantásticas, que o pai lhe ofereceu no sexto aniversário. As aventuras de Sofia começam quando as criaturas do livro ganham vida e a empurram numa demanda em busca das coisas perdidas.
Este livro, de pequena dimensão, encerra nele várias coisas que apenas os amantes de livros poderão apreciar. Uma história bem contada é uma história que parece ganhar vida e que nos faz sonhar. Há livros com esse poder e penso que, entre outras coisas, era isto que o autor nos pretendia transmitir.
Através do poder dos livros e da aventura de Sofia, ela pôde encontrar não apenas objectos perdidos, mas também sentimentos que estavam adormecidos nas pessoas que a rodeavam.
Um livro brilhantemente ilustrado por Ângela Vieira, que vai fazer as delícias de miúdos e graúdos neste Natal.

Inevitavelmente a quem gosta das histórias de Sophia de Mello Breyner e a todos aqueles que gostam de sonhar através dos livros e compreender o seu poder.






Classificação no Goodreads: ✰✰✰













Qual é o livro que, na vossa opinião, melhor reflecte o poder dos livros no geral?
Deixem a vossa opinião.










 
*Este blog é um afiliado WookBook Depository e Amazon UK e ES. Ao comprarem através do meu link estão a contribuir com uma pequeníssima percentagem que poderá contribuir para o crescimento do mesmo*

Comentários

Mensagens populares