12 Coisas que Odeio em Livros

Hoje trago-vos um post rápido e prático, para vos dar a conhecer alguns aspectos que me agradam menos nos livros. Decidi juntar várias características diferentes: questões relacionadas com aspecto dos livros mas também com relacionada com o conteúdo.

Apesar de adorar livros, sou humana. E, como qualquer pessoa que adora livros, também há coisas que odeio e que me deixam fora de mim...





1) Páginas dobradas. Especialmente quando estamos a falar da capa. Marcar as páginas com as próprias folhas do livro não é bonito, mas capas dobradas é abominável!


2) Lombadas partidas. Chamem-me o que quiserem mas livro meu não pode ser aberto até a lombada ficar completamente massacrada. É horrível ter um livro na estante e quase não se perceber o título, por ter a lombada vincada.


3) Capas diferentes das que encomendo. Por cá não acontece mas nas encomendas vindas de fora pode ser um tormento.


4) Trilogias com livros de tamanhos diferentes. Infelizmente por cá também temos disto... Olhando de relance para as estantes, consigo perceber que tenho pelo menos 6 trilogias/sagas com livros de tamanhos diferentes. Maioritariamente edições portuguesas.


5) Traduções com capas alteradas para pior que o original. Esta «característica» dava um post inteiro. Os exemplos são muitos e, até que alguém me explique muito bem, hei-de continuar sem perceber qual é a ideia disto...


6) Estragar um livro quando está numa capa para livros! É muito irritante. Seja numa capa, dentro de um saco de plástico ou envolto em qualquer coisa em que achamos estar seguro. Quando o tiramos da mala e está com mossas nas pontas, apesar de estar protegido, não há paciência que aguente.





7) Descrições exaustivas. Gostos são gostos e eu não suporto livros lentos, com descrições exaustivas de tudo e mais alguma coisa.


8) Personagens pouco relacionáveis. Já alguma vez pegaram num livro (ou viram uma série) e sentiram que não conseguiram criar empatia com nenhum dos personagens? É terrível. Parece que não existe um esforço por parte do autor em trabalhar os personagens e dar-lhes personalidade. Boring.


9) Histórias sem uma conclusão. Finais em aberto são como ir arrancar um dente e o dentista deixar lá a raíz. Ficamos a olhar para aquilo a pensar «what the fuck?». Se é para ser, é para ser... O autor perdeu a imaginação nas últimas páginas? Ficou com um bloqueio logo ali? É muito louvável quererem estimular a imaginação do leitor mas eu não pego num livro com o intuito de prever o final, aguardo que ele me seja dado de mão beijada.


10) Thrillers cujo twist se percebe a meio do livro. E tu ficas a pensar durante o livro todo «Nah, não pode ser isto... ele (o autor) vai dar a volta a isto de alguma forma!» e... não. Nem dá a volta, nem consegues perceber aquela decisão manhosa de tornar um livro previsível.


11) Vilões que se tornam bonzinhos da noite para o dia. Confesso que gosto de um bom vilão. Não, não gosto de um vilão que seja bonzinho, gosto de um vilão que faça tão bem as suas maldades, que o começamos a adorar por ser mau. Tenho dois em mente mas não vou dar spoilers a ninguém. Quando, de um momento para o outro, depois de cometerem as maiores atrocidades, os vilões afinal são bonzinhos e se redimem perante a sociedade, é muito mau. Vamos ser realistas, é ficção, sim, mas as pessoas não mudam conforme trocam de cuecas.


12) Quando os livros começam a «encher chouriços». Isto acontece muito em sagas. Tanto se estende uma história que, às tantas, perde o interesse. Os autores enrolam, enrolam, enrolam com coisas que não interessam nem ao menino Jesus e, quando dás por ela, já perdeste a concentração naquilo que estás a ler e largaste o livro.





E vocês, quais são as questões que mais odeiam nos livros ou relacionadas com livros? Contem-nos tudo!

Comentários

  1. Eu antes dobrava páginas, confesso :x de há uns anos para cá larguei o hábito, porém!

    Já o meu namorado é assassino de lombadas, que é algo que me apoquenta muito :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sacrilégio xD Ao menos, houve uma cura! É um grande passo, Bárbara :D

      Deve ser um defeito dos namorados em geral... Ninguém é perfeito, right? :)

      Eliminar
    2. Padeces do mesmo? Ele era daqueles que dobrava mesmo os livros... até choro de pensar!

      Eliminar
    3. Percebo a tua dor... Sim, também tenho um assassino de lombadas em casa :( Ainda assim, acho que já ficou um bocadinho afectado com o meu OCD e está ligeiramente melhor xD Entretanto também descobrimos umas capas plásticas transparentes fantásticas e ele é mega fã e pôs nos livros todos dele e já reclama quando os livros se amachucam na mochila!
      Temos que ser boas influências :D

      Eliminar
    4. Eu já tive de gritar com o meu várias vezes por me estragar os livros (ele não entendia que partir as lombadas os pode efectivamente estragar), está um pouco melhor mas ainda assim não a 100%!

      Eliminar
    5. Temos que ir com calma, Bárbara lol Tens que lhe mostrar este isto:
      https://www.wikihow.com/Keep-Books-in-Good-Condition

      Eliminar
    6. Hahaha adorei!! Há aí uns pontos a aprender, sim :)

      Eliminar
  2. Como me relaciono com tantas coisas que aqui disses-te! Doí muito quando as páginas ficam dobradas ou as capas. E histórias se conclusão, que nervos!

    Blog: http://bolacha-mariaa.blogspot.com/
    Projeto: http://ajudaoplanetaesalvaomundo.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahah Right??! Sabia que ia haver quem partilhasse a minha dor :P

      Não conhecia o teu blog e confesso que não sou grande seguidora de blogs mais generalistas/lifestyle mas ADOREI a organização e o aspecto do teu blog. Fiquei fã e segui :D

      Um beijinho ^^

      Eliminar
  3. Bem... Não me tem acontecido com muitos mas... Comprar um livro a pensar que vou gostar e depois ser totalmente desinteressante é das coisas que mais me chateia!
    Ou querer muito um livro e não o encontrar à venda em lado nenhum é um desespero!!! (Estive em Lisboa e a luta pela procura do Colete de Forças do Jack London continua... Nada!)
    Dobrar folhas de um livro é mesmo falta de sensibilidade... Eu nem sublinhar ou colocar notas a lápis consigo (entendo que os livros são sagrados e embora goste de os sentir e ter um para levar para todo o lado, procuro mantê-los perfeitinhos).

    Beijinho e boa semana :)

    https://nohabitatdeumaintrovertida.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahaha a saga continua! Em Lisboa poderia ser mais fácil, efectivamente... Existem muitos alfarrabistas e afins onde podes encontrar livros antigos e usados.
      Nem sequer falo em sublinhar... isso é monstruoso!
      Eles são tão bonitos direitinhos e imaculados ^^

      Beijinhos, Sandra.
      Boa semana para ti também :D

      Eliminar
  4. Aiii, as lombadas partidas são o apocalipse para mim. Eu até leio o livro meio aberto só para não estragar. Outra coisa que me irrita são as capas com imagens dos filmes (que saíram depois dos livros já existem há anos).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faço exactamente o mesmo! xD
      Oh meu deus! Lembraste-te de um ponto TÃO importante! Fazerem sobrecapas com o poster do filme, é uma coisa. Mas fazerem capas com o poster... é de loucos!
      Obrigada pela tua passagem :) Já fui espreitar a página, que adorei, por sinal ^^ Segui nas redes!

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares