Book Review - Three Dark Crowns

Acabei hoje mesmo este livro e não quis esperar mais para partilhar a minha opinião convosco. Portanto, aproveitei o facto de ter algum tempo livre para vos dar a conhecer um pouco mais sobre este livro, que terá lançamento exclusivo na Comic Con, amanhã. Infelizmente não poderei estar presente mas irei acompanhar as novidades no Facebook da Porto Editora e da Comic Con, que tão gentilmente me cedeu este maravilhoso livro. Obrigada, Porto Editora!

Título: Three Dark Crowns / Três Coroas Negras
Autora: Kendare Blake
Editora: Porto Editora
Ano: 2018
Páginas: 324



A CADA GERAÇÃO, NA OBSCURA ILHA DE FENNBIRN, NASCEM TRÊS IRMÃS GÉMEAS.


Três rainhas herdeiras de um só trono, cada uma possuindo um poder mágico muito cobiçado. Mirabella é capaz de inflamar o incêndio mais violento ou a tempestade mais terrível. Katharine consegue ingerir um veneno mortal sem sentir os seus efeitos. De Arsinoe diz-se capaz de fazer florir a rosa mais vermelha e controlar o leão mais feroz.


Mas para uma delas ser coroada rainha, não basta ter a linhagem certa. As trigémeas terão de conquistar o seu direito à coroa, lutando por ele… até à morte.

Na noite em que as irmãs completam 16 anos, a batalha começa. E a rainha que sobreviver, conquistará a coroa!

Três rainhas negras,


Fruto da mesma terra.

Três gémeas meigas,

Agora entrarão em guerra.

Três irmãs negras –
Quais delas não se adivinha –
Mas duas terão de morrer:
Só uma será rainha.


Sobejamente conhecido e falado pelos amantes de livros por este mundo fora, Three Dark Crowns chegou finalmente a Portugal.
Na minha opinião, a maior e melhor aposta da Porto Editora para este ano!

Nenhum fã de fantasia poderá ficar indiferente aos encantos da história destas três irmãs que, cada uma com o seu dom, nos enfeitiçam e fazem devorar cada página do livro como se a nossa vida dependesse disso.

O livro, narrado na terceira pessoa, começa com o ponto de vista de Katharine, a rainha envenenadora. Seguidamente é-nos dada a conhecer Arsinoe, a rebelde naturalista e, por fim, o narrador apresenta-nos Mirabella, a rainha capaz de controlar os elementos da natureza.
As três gémeas, separadas aos 6 anos, são, desde aí,  treinadas para aperfeiçoar os seus dons até ao momento em que completarem 16 anos, quando terão que combater até sobreviver apenas uma, que será coroada rainha de Fennbirn.

A par do enredo das rainhas, seguimos alguns personagens secundários, bastante relevantes para a intriga e para a vida das três raparigas.

Com um sistema político muito assente no poder feminino, Três Coroas Negras é, provavelmente, o livro de fantasia mais feminista dos últimos tempos. Personalidades fortes, com imenso carácter, interesses e objectivos bem definidos fazem com que, tanto personagens principais como secundários estejam extremamente bem elaborados e sejam de enorme interesse.

Três Coroas Negras é também um livro muito focado nas relações familiares e de amizade. Mas temos de tudo um pouco nesta obra tão envolvente: desde insta-love até reviravoltas inesperadas.
O sistema de magia está também bastante bem desenvolvido e, em momento algum, achamos que é demais ou ridículo. Pelo contrário, se não são grande fãs de magia absurda, cheia de cores e perlim-pim-pins, este livro é altamente recomendado para vocês.

Sinceramente, as minhas expectativas eram bastante altas para este livro e Kendare Blake não me desiludiu, de todo. Adorei a história, adorei os personagens, adorei mesmo que este primeiro volume fosse mais focado na construção do mundo e dos personagens. Apesar de ser, de certa forma, um volume introdutório, o desenvolvimento narrativo não é nada lento e temos sede constante de absorver todas as palavras e cada pedaço da vida das rainhas de Fennbirn.

Foi um dos melhores livros que li este ano e só não lhe atribuí pontuação máxima porque espero que os outros sejam ainda melhores, e me surpreendam mais e mais. Além disso, penso que a nossa edição perde por não trazer o mapa da ilha, como a edição original e as edições estrangeiras. Várias vezes senti falta do mapa e corri o livro para trás e para a frente na esperança de me ter falhado à vista. O mapa seria essencial para nos guiar nesta viagem fantástica.

Nunca um livro de fantasia me aprisionou às suas páginas como Três Coroas Negras e, por isso, fico ansiosamente à espera para ler os próximos volumes desta trilogia, que acredito ainda ter muito para nos dar. Sem dúvida, um livro a não perder!



- A fãs de Leigh Bardugo ou Laini Taylor.
- Àqueles que, como eu, não têm coragem para ler Game of Thrones e acham que é demais para eles.
- Se já leram Três Coroas Negras, recomendo Anna Dressed in Blood, também de Kendare Blake.


Classificação no Goodreads: ✰✰✰



Já leram este livro? Partilhem as vossas opiniões nos comentários!
Ainda não leram mas têm interesse, comprem o livro aqui

Comentários

Enviar um comentário

Mensagens populares